A resposta imune e inflamatória desempenha um papel central na fisiopatologia da grande maioria das doenças humanas. Isto inclui doenças infecciosas, autoimunes, metabólicas, degenerativas e câncer. O estudo do sistema imune constitui o principal caminho para o entendimento dos mecanismos geradores de doenças e uma oportunidade para descobertas científicas importantes, incluindo a identificação de novos alvos para o tratamento ou prevenção de diversas patologias. Essa é por sua natureza uma área de estudo interdisciplinar que requer profissionais com formações, atuações e visões complementares.

O Rio de Janeiro, apesar de contar com um grande número de pesquisadores trabalhando em temas relacionados à imunologia, não dispunha, até a criação do Programa de Imunologia e Inflamação em 2012, de um curso de pós-graduação dedicado exclusivamente à formação de profissionais atuando nesta interface. De fato, acreditamos que este seja o primeiro programa interinstitucional de pós-graduação stricto sensu de Imunologia do Brasil. O corpo docente permanente do programa tem um histórico de produção em revistas de alto impacto com artigos bem citados e está altamente comprometido com a ciência de alta qualidade e com a formação de recursos humanos que vão além dos aspectos puramente técnicos. O tripé da formação acadêmica almejado pelo nosso programa está fundamentado em uma base teórico-prática sólida, na promoção de um ambiente de diálogo e de integridade científica e na busca contínua da excelência. O Programa foi aprovado em 2011 com conceito 5 na CAPES e, em 2012, iniciamos o curso com os 30 docentes permanentes recrutados de diferentes institutos da UFRJ (Microbiologia, Biofísica, Bioquímica, Ciências Biológicas e do Química) e da FIOCRUZ.

Topo